Este blog está licenciado sob os termos do Creative Commons. Clique no ícone para maiores informações. Creative Commons License

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Umidade relativa do ar

Nos últimos dias várias notícias nos informaram sobre a baixa umidade relativa do ar em cidades do Centro-Oeste e em São Paulo. Mas afinal, quando a umidade é considerada baixa? quais os riscos à saúde nesse caso?

A OMS recomenda que o nível mínimo da umidade relativa do ar é de 30%. Abaixo disso pode causar problemas à saúde, que pioram ainda mais quando a baixa umidade é associada à poluição.

Os problemas mais comuns são:

- Complicações respiratórias devido ao ressecamento de mucosas;
- Desidratação;
- Sangramento pelo nariz;
- Ressecamento da pele;
- Irritação dos olhos;
- Eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos;
- Aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas;

Fontes: http://ricardo5150.blogspot.com/2008/09/os-perigos-da-baixa-umidade-relativa-do.html e http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI1858307-EI8139,00.html

3 comentários:

Anônimo disse...

vocês deveriam colocar um mapa para ficar melho para os visitantes entendam
bem eu dei minha poiniao bem espero que coloquem o mapa ok
ate mais

Maria Olandina (Mary) disse...

Não entendi sua solicitação! Um mapa sobre o que? de onde?

Abraços

Unknown disse...

Quirida

Um mapa significa, geogràficamente posicionar n'um plano os dados explanados, se temperatura, graus celsius, se densidade demográfica %, se umidade relativa do ar ( ????). Entendeu. Linda ?

Postar um comentário

Paisagens do mundo